Poluicao Sonora

Poluição sonora, o que é?

O fenômeno de poluição sonora é composto por todos os sons constantes em volume alto que estão ao seu redor, como por exemplo: uma criança gritando, a TV tocando na sala de estar, um aspirador de pó, música alta saindo do quarto de seu filho… Em um dia normal, é comum ouvir carros buzinando, cães latindo, sirenes, talvez até sons de uma construção ou local de trabalho – uma serra e furadeira.
Essa poluição pode ser invisível, mas certamente é prejudicial à saúde auditiva. Ela nos acompanha praticamente em todos os lugares e pode afetar a saúde física e mental também.
As principais fontes dessa poluição estão mais próximas do que imaginamos, mas com a correria do dia a dia acabam passando desapercebidas.
Confira os 5 ambientes e fontes de poluição sonora que estamos expostos todos os dias:
Trânsito: especialmente em cidades grandes e lotadas, as pessoas são frequentemente afetadas pela poluição sonora, que incluem motores de automóveis, sirenes de emergência, buzinas e música alta, junto com o barulho geral do tráfego que passa.
Trânsito aéreo: as pessoas que vivem muito perto de aeroportos lidam frequentemente com a poluição sonora dos aviões que chegam e saem. Da mesma forma, os indivíduos e famílias que residem perto de trilhos de trem ou metrô também lidam com barulho constantemente.
Máquinas industriais: compressores, geradores, fornos e guindastes em áreas industriais são prejudiciais principalmente para aqueles que trabalham o dia todo em fábricas.
Som abafado: festas em casa, shows, clubes, estádios e outros locais e situações semelhantes são divertidos para os visitantes, mas não tão divertidos para as pessoas nas redondezas que precisam ouvir barulho constante, especialmente quando esses eventos apresentam alto-falantes.
Fontes de poluição sonora em casa: do lado de fora inclui cortadores de grama, motocicletas, escapamento de carros e muito mais. Do lado de dentro, cachorros latindo, eletrodomésticos barulhentos e equipamentos com sons altos e ao mesmo tempo.

Um problema comum em grandes cidades

Você já se irritou ao ouvir o alarme de um carro disparando sem motivo? E um cachorro latindo? Sirene de ambulância? Não é incomum que as pessoas nas grandes cidades ouçam todos esses sons ao mesmo tempo. Essa experiência pode ser estressante e nada saudável, os ruídos distraem você do que quer que esteja fazendo, prejudicam sua audição e podem até mantê-lo acordado durante a noite.
Há uma consequência pequena, mas crescente, da poluição sonora e seus efeitos na saúde e na audição. Alguns locais públicos se dedicam a conscientização sobre a poluição sonora e buscam restaurantes e espaços onde os moradores da cidade possam desfrutar de uma pausa tranquila e segura do barulho.
Confira algumas medidas para proteger sua audição e saúde em geral contra a poluição sonora:
Desligue a TV ou música quanto não estiver prestando atenção;
Muitos eletrodomésticos possuem escala de nível de ruído. Pesquise antes da compra o aparelho que tenha o menor ruído;
Em alguns ambientes, fazer o uso de janelas antirruído podem ajudar a ter mais conforto;
Em restaurantes ou shows faça o uso de protetores auriculares ou com atenuadores, assim você poderá desfrutar da experiência sem se expor a sons muito altos.

Dica para identificar um ambiente ruidoso

Se você precisar gritar ou elevar a voz acima do ruído para alguém que está a um braço de distância, o ruído provavelmente está na faixa de 80 decibéis, e isso significa que é acima do indicado pelos especialistas e pode causar dano a sua saúde.
Se você acha que pode ter perda auditiva, procure um médico otorrinolaringologista. Ele irá indicar os exames e tratamento necessário para o diagnóstico.

Você que saber mais informações?

Fale conosco pelo whatsapp